Ecoendoscopia

O ecoendoscópio (ou ultrassom endoscópico) é um aparelho que combina imagens de endoscopia e ultrassonografia para estudo de estruturas dentro e fora dos órgãos digestivos.

Seu diâmetro pode ser comparado ao de um dedo e é feito de borracha flexível isenta de látex.

Imprimir - Preparo do exame (Alta)

Imprimir - Preparo do exame (Baixa)

Avaliação para Ecoendoscopia

Dúvidas frequentes

Como a maior parte das indicações do procedimento são para avaliação de doenças do tubo digestivo “alto”, deve ser feito tempo de jejum igual ao de uma endoscopia para que o aparelho possa ser introduzido pela boca em segurança.

Por vezes, quando há indicação de se examinar estruturas na pelve, o aparelho será introduzido pelo ânus e será também necessária uma limpeza prévia dos resíduos do reto (parte final do intestino) para um exame adequado. Dessa forma, a preparação recomendada deve ser seguida ao máximo possível.

Essas informações lhe serão dadas durante a marcação e eventuais dúvidas poderão ser esclarecidas a qualquer momento.

A maioria das medicações pode ser continuada, mas algumas podem interferir com o preparo ou com o exame. Informe ao seu médico as medicações que esteja tomando, particularmente aspirina e derivados, medicações para artrite, anticoagulantes, insulina ou medicações que contenham ferro. Também é importante mencionar se você apresenta algum tipo de alergia medicamentosa.

Deverá ser preenchido um questionário com sua história clínica, como por exemplo, cirurgias anteriores, traumas ou internações prévias.

A ecoendoscopia é um procedimento seguro, indolor e é sempre realizado sob sedação venosa monitorada por um médico anestesiologista.

Antes de iniciarmos o exame, você dormirá sob efeito dos sedativos. O exame pode durar em média de 30 a 45 minutos e, ao fim, você despertará e ficará em repouso no consultório até recuperação da anestesia.

O médico irá introduzir o aparelho lubrificado por gel a fim de reduzir o risco de qualquer desconforto local após o exame. Se forem encontradas determinadas lesões em que haja a necessidade de obter material para análise, pode ser necessário o uso de antibiótico venoso nesse momento.

Raramente, pacientes que possuam deformidades posturais ou na coluna cervical não poderão realizar o exame por dificuldade em se passar o aparelho. Caso isso aconteça, nós lhe informaremos.

A ecoendoscopia é uma ferramenta diagnóstica valiosa, porém, boa parte do tratamento de doenças requer comprovação de seu diagnóstico por análise de amostras de tecido. Essa coleta será realizada com seu consentimento prévio e enviada para análise. O instrumento utilizado será uma agulha de punção equipada com vácuo (punção aspirativa), de calibre inferior a 3 mm.

Eventualmente, pode haver sangramento relacionado ao procedimento, quase sempre autolimitado e sem qualquer risco para sua saúde.